Arquivo da categoria: Postagem

Concurso TRE-SP 2016

Padrão

nova-centralconcurso-tre-sp-conteudo

Inscrição: de 12/09/2016 a 11/11/2016

Prova: 12/02/2017

banca: Fcc (Fundação Carlos Chagas)

Edital

Nível Médio: Técnico Judiciário

Nível superior: Analista Judiciário

Conhecer a característica de cada banca, como ela aborda e cobra as matérias e seus critérios de correção te ajudarão a direcionar seus estudos. Você deve decifrar como elas pensam, pois conhecer a banca é tão importante quanto os estudos, veja esta postagem: Característica da banca organizadora Fundação Carlos Chagas (FCC)


Conteúdo Programático:

CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS/ÁREAS/ESPECIALIDADES

Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa:

Ortografia oficial.

Acentuação gráfica. Leia o resto deste post

Anúncios

Conceitos e modos de utilização do sistema operacional Windows 10

Padrão

Windows 10 chega ao mercado com a proposta ousada juntar todos os produtos da Microsoft em uma única plataforma. Além de desktops e notebooks, essa nova versão equipará smartphones, tablets, sistemas embarcados, o console Xbox One e produtos exclusivos, como o Surface Hub e os óculos de realidade aumentada HoloLens. Será que estamos diante de um novo gigante no mercado de sistemas operacionais?

Anunciado oficialmente durante a Microsoft BUILD 2014, o Windows 10 – codinome “Threshold” – já é uma realidade no mercado. Desde que foi revelado, o sistema operacional teve o seu desenvolvimento conduzido em parceria com os próprios usuários, estratégia que deve ser mantida no futuro e que ficou muito clara nas inúmeras builds – versões de desenvolvimento do programa – que a dona do SO disponibilizou para os consumidores.

Publicidade

Novo papel de parede padrão do Windows 10.

O Windows 10 segue a tendência de lançamento em edições, focando em diferentes tipos de consumidores. O mesmo esquema vale para dispositivos móveis, e até sistemas embarcados possuem uma variante própria do software. Como destaques principais, podemos mencionar o novo navegador Microsoft Edge, o retorno do Menu Iniciar e a integração com a assistente de voz Cortana. A dona do SO espera que esta seja a “última versão” do Windows, já que o programa passará a ser encarado como um “serviço” e todas as suas funcionalidades como “módulos” que poderão receber atualizações futuras sem alteração no core do sistema.

Por que Windows 10 e não Windows 9?

A Microsoft ainda não “confessou” por que decidiu chamar o sucessor do Windows 8.1 de Windows 10 em vez de Windows 9. Portanto, todas as explicações existentes para esse questionamento ainda não obtiveram o aval da criadora desse software. Entretanto, o silêncio da empresa não impediu que algumas teorias surgissem pela internet.

Uma das mais prováveis e aceitáveis é a manobra para evitar um problema de código. Para determinar qual é a versão do sistema operacional que está sendo executada, muitas aplicações de terceiros contêm um trecho de verificação para saber se o nome do SO começa com “Windows 9”, englobando o Windows 95 e o Windows 98. Se o novo sistema se chamasse Windows 9, o software teria interpretado o sistema de forma errada e executaria instruções inadequadas para a situação.

O tipo de código que provavelmente obrigou o novo sistema operacional a se chamar Windows 10.

Outra teoria sustentada por aqueles que tentam descobrir quais são os motivos que levaram a Microsoft a pular o “9” é o fato de o número representar o sinal de azar no Japão. O Windows tem uma presença muito forte por aqueles lados, fator que seria suficiente para que a empresa considerasse sábio evitar esse problema com o povo nipônico.

Se considerarmos o número de versão, a questão tende a ficar ainda mais complicada. O Windows 10, na verdade, ostenta a numeração 6.4. Dentro desse mesmo esquema, sabemos que o Windows 7 é a versão 6.1, o Windows 8 a 6.2 e o Windows 8.1 a 6.3. A última vez que o sistema operacional manteve a harmonia entre os números foi com o Windows NT 4, lançado em 1996. O seu sucessor, Windows 2000, era chamado de Windows NT 5.0.

  • Windows NT 4.0 = versão 4.0
  • Windows 2000 = versão 5.0
  • Windows XP = versão 5.1
  • Windows Vista = versão 6.0
  • Windows 7 = versão 6.1
  • Windows 8 = versão 6.2
  • Windows 8.1 = versão 6.3
  • Windows 10 = versão 6.4

Mas, além de ter pulado o “9”, por que a Microsoft optou por escolher especificamente o número “10”? Executivos e funcionários da empresa já foram ouvidos, mas nenhum argumento definitivo foi dado para esclarecer a questão. Até mesmo o nome “Windows One” foi considerado, mas descartado por já ter sido utilizado anteriormente. A “força” do número “10” e a distância dele para o número “8” são outros argumentos apontados por alguns.

Portanto, ainda não há como saber por que a Microsoft batizou o Windows 10 com esse nome. Temos apenas que aceitar e esperar que essa versão do sistema operacional venha para atender todos os nossos anseios e necessidades como consumidores e usuários desse software, torcendo para que um dia esse mistério seja revelado.

Os “sabores” do Windows 10

Qual edição do Windows 10 eu vou receber?

Windows 10 Home

Edição do sistema operacional voltada para os consumidores domésticos que utilizam PCs (desktop e notebook), tablets e os dispositivos “2 em 1”. O Windows 10 Home vai contar com a maioria das funcionalidades já apresentadas: Cortana como assistente pessoal, navegador Microsoft Edge, o recurso Continuum para os aparelhos compatíveis, Windows Hello (reconhecimento facial, de íris e de digitais para autenticação), stream de jogos do Xbox One e os apps universais, como Photos, Maps, Mail, Calendar, Music e Video.

Windows 10 Professional

O Windows 10 Pro também é voltado para PCs (desktop e notebook), tablets e dispositivos “2 em 1”, mas traz algumas funcionalidades extras em relação ao Windows 10 Home. Esses adicionais fazem com que essa edição seja ideal para uso em pequenas empresas, apresentando recursos para segurança digital, suporte remoto, produtividade e uso de sistemas baseados na nuvem.

Além disso, a Microsoft vai incluir o Windows Update for Business, novidade que promete reduzir os custos de gerenciamento e oferecer controle sobre a distribuição de atualizações e acesso rápido a updates de segurança.

Windows 10 Enterprise

Construído sobre o Windows 10 Pro, o Windows 10 Enterprise é voltado para o mercado corporativo. Os alvos dessa edição são as empresas de médio e grande porte, e o SO apresenta capacidades que focam especialmente em tecnologias desenvolvidas no campo da segurança digital e produtividade. A proteção dos dispositivos, aplicações e informações sensíveis às empresas é o foco dessa variante.

A edição vai estar disponível através do programa de Licenciamento por Volume, facilitando a vida dos consumidores que têm acesso a essa ferramenta. O Windows Update for Business também estará presente aqui, juntamente com o Long Term Servicing Branch, como uma opção de distribuição de updates de segurança para situações e ambientes críticos.

Windows 10 Education

Construída a partir do Windows 10 Enterprise, essa edição foi desenvolvida para atender as necessidades do meio escolar. Nela, funcionários, administradores, professores e estudantes poderão aproveitar os recursos desse sistema operacional — que será distribuído através da versão acadêmica do Licenciamento por Volume.

A Microsoft ainda destaca que haverá métodos para que as escolas e alunos possam fazer o upgrade do Windows 10 Home e Windows 10 Pro para o Windows 10 Education.

Windows 10 Mobile

O Windows 10 Mobile é voltado para os dispositivos de tela pequena cujo uso é centrado no touchscreen, como smartphones e tablets. Essa edição vai contar com os mesmos apps incluídos na versão Home, além de uma versão do Office otimizada para o toque. O Continuum também vai marcar presença nos dispositivos que forem compatíveis com a funcionalidade.

Windows 10 Mobile Enterprise

Também voltado para smartphones e pequenos tablets, o Windows 10 Mobile Enterprise tem como objetivo entregar a melhor experiência para os consumidores que usam esses dispositivos para trabalho. A edição também estará disponível através do Licenciamento por Volume, oferecendo as mesmas vantagens do Windows 10 Mobile e funcionalidades direcionadas para o mercado corporativo.

Windows 10 IoT Core

Além dos “sabores” já mencionados, a Microsoft promete que haverá edições para dispositivos como caixas eletrônicos, terminais de autoatendimento, máquinas de atendimento para o varejo e robôs industriais – todas baseadas no Windows 10 Enterprise e Windows 10 Mobile Enterprise. O Windows 10 IoT Core – que contém em seu nome a sigla em inglês para Internet das Coisas – vai ser destinado para dispositivos pequenos e de baixo custo.

Lista de funcionalidades do Windows 10

Lista de funcionalidades do Windows 10.

Os 10 principais destaques para PCs

1. Novo Menu Iniciar

O retorno do Menu Iniciar sempre foi um dos aspectos mais pedidos pelos usuários que migravam do Windows 7 para o Windows 8. O Windows 8.1 trouxe de volta o tradicional botão do Windows, mas ainda abria a janela naquele formato moderno com o qual os usuários não se acostumaram.

No Windows 10, a Microsoft ouviu os consumidores e trouxe o Menu Iniciar no formato tradicional. Entretanto, a nova versão do sistema operacional ainda mantém uma parte da janela com as “lives tiles”, funcionando como uma perfeita união entre o que era apresentado no Windows 7 e 8/8.1.

Novo Menu Iniciar.

2. Microsoft Edge

Inicialmente desenvolvido sob o codinome “Project Spartan”, esse novo navegador do Windows 10 veio para substituir o Internet Explorer como o browser-padrão do sistema operacional da Microsoft. O programa tem como características a leveza, a rapidez e o layout baseado em padrões da web, além da remoção de suporte a tecnologias antigas, como o ActiveX e o Browser Helper Objects.

Dos destaques, podemos mencionar a integração com serviços da Microsoft – como a assistente de voz Cortana e o serviço de armazenamento na nuvem OneDrive –, além do suporte a ferramentas de anotação e modo de leitura. O logo do Microsoft Edge continua sendo um “E”, mas ganhou detalhes que alteram a identidade do programa.

Microsoft Edge.

3. Cortana

A assistente pessoal inteligente da Microsoft também está presente no Windows 10. No começo, a Cortana será disponibilizada apenas para algumas regiões – Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Austrália, Índia, Alemanha, Itália, Espanha, França e China –, mas a promessa é de que ela venha para outros idiomas e usuários ao redor do globo.

Além de estar integrada com o próprio sistema operacional, a Cortana poderá atuar em alguns aplicativos específicos. Esse é o caso do Microsoft Edge, o navegador-padrão do Windows 10, que vai trazer a assistente pessoal como uma de suas funcionalidades nativas.

Cortana.

4. Continuum

O Continuum é uma funcionalidade que promete aprimorar a experiência de uso de quem tem smartphones compatíveis com a tecnologia. Utilizando esse recurso, é possível conectar os portáteis a um monitor e trabalhar nele como se estivesse em um computador.

Evidentemente, essa opção não vai tornar o celular compatível com todos os programas do PC – apenas com os apps universais –, mas vai facilitar a vida daqueles que querem ter mais controle sobre os aplicativos executados no dispositivo. A expectativa é um aumento de produtividade em tarefas como edição de textos e imagens.

Continuum.

5. Múltiplas áreas de trabalho

Agora, o sistema operacional da Microsoft permite a criação de várias áreas de trabalho ao mesmo tempo. Essa funcionalidade é especialmente útil para aqueles que gostam ou precisam abrir vários programas simultaneamente. Nesse formato, tudo fica organizado dentro de uma única visão.

Para complementar o recurso, a Visão de Tarefas permite que todas as áreas de trabalho sejam visualizadas e seus programas possam ser migrados de uma visão para outra. Essa possibilidade é extremamente útil para aqueles que abrem diversos softwares e acabam se perdendo em meio a tantas janelas.

Múltiplas áreas de trabalho.

6. Central de Ações

A famigerada barra lateral do Windows 8 é outro ponto que não agradou aos usuários no sistema operacional. Chamada de “Charm Bar” no inglês, essa opção reunia as funções “Pesquisar”, “Compartilhar”, “Iniciar”, “Dispositivos” e “Configurações” em um espaço vertical que ficava escondido nos cantos da tela.

No Windows 10, o “Charm Bar” é substituído pela Central de Ações, que agora é acessível através de um ícone na área de notificação. Essa nova janela exibe algumas opções de configuração, além das mensagens recebidas pelo sistema – muito semelhante à Barra de Notificações em aparelhos equipados com Windows Phone.

Central de Ações.

7. Windows Spotlight

Essa é uma novidade para uma área muito utilizada do sistema operacional, mas que geralmente recebe pouca atenção: a tela de bloqueio. O Windows Spotlight vai ser uma forma de apresentar conteúdo publicitário – como anúncios de apps –, sugestões de imagens e dicas para os usuários que não utilizam todas as funcionalidades do ecossistema da Microsoft.

Quando a tela de bloqueio estiver exibindo uma determinada imagem, por exemplo, os usuários poderão marcá-la com um “Gostei” ou “Não gostei”, alimentando o Spotlight com as suas preferências. No caso dos consumidores que ainda não exploraram todos os recursos do Windows 10, dicas serão fornecidas junto com convites visuais – como o símbolo da Cortana ou ícones para perguntar algo para a assistente.

Windows Spotlight.

8. DirectX 12

Juntamente com o WDDM 2.0, o novo conjunto de APIs da Microsoft vai ser uma parte integrante do Windows 10. O objetivo do DirectX 12 é oferecer uma boa qualidade gráfica explorando melhor o hardware da máquina, mas sem sobrecarregar a CPU e os drivers. O WDDM 2.0 apresenta um novo método de gerenciamento e alocação de memória virtual, reduzindo a carga sobre o sistema.

DirectX 12.

9. Windows Hello

As iniciativas do Windows 10 no campo da segurança digital estão concentradas no Windows Hello. Esse sistema tem como objetivo oferecer suporte a diversas alternativas de leitura biométrica para as autenticações nas plataformas da Microsoft. Isso inclui métodos de reconhecimento por digitais, rosto e íris.

Windows Hello.

10. Windows Store unificada

Uma das jogadas para a Microsoft conseguir reunir todas as plataformas em um único sistema operacional é a sua loja de aplicativos e programas. A unificação da Windows Store vai oferecer todos os produtos para computadores, tablets, smartphones e Xbox em um só lugar, facilitando a vida daqueles que querem desenvolver e criar softwares para a plataforma da empresa.

Windows Store unificada.

Windows 10 Mobile

A chegada do Windows 10 significa uma coisa para o mundo dos smartphones: o fim do Windows Phone. O tradicional sistema operacional para dispositivos móveis da Microsoft, que começou a sua vida em 2010 com o Windows Phone 7, chega ao fim para dar lugar à nova plataforma da empresa que vai integrar uma série de dispositivos diferentes.

Considerando o universo móvel, uma série de novidades do Windows 10 também estará presente no Windows 10 Mobile: a Cortana, o Continuum e os apps universais são alguns dos destaques para que vai ter um smartphone ou tablet equipado com o novo sistema operacional.

Windows 10 Mobile.

De acordo com a Microsoft, além dos modelos lançados no futuro, os seguintes aparelhos serão compatíveis com o Windows 10:

  • HTC One (M8) for Windows
  • Lumia 430
  • Lumia 435
  • Lumia 520
  • Lumia 521
  • Lumia 525
  • Lumia 526
  • Lumia 530
  • Lumia 532
  • Lumia 535
  • Lumia 540
  • Lumia 620
  • Lumia 625
  • Lumia 630
  • Lumia 635
  • Lumia 636
  • Lumia 638
  • Lumia 640
  • Lumia 640 XL
  • Lumia 720
  • Lumia 730
  • Lumia 735
  • Lumia 810
  • Lumia 820
  • Lumia 822
  • Lumia 830
  • Lumia 920
  • Lumia 925
  • Lumia 928
  • Lumia 930
  • Lumia 1020
  • Lumia 1320
  • Lumia 1520
  • Lumia Icon

Família Windows 10

Família Windows 10.

Desktops, notebooks e conversíveis

Aqui está o ponto em que a Microsoft deseja manter o reinado. Nos PCs, sejam desktops, notebooks ou conversíveis, a plataforma Windows domina o mercado de sistemas operacionais. Nesse segmento, as novidades são bastante visíveis e devem impactar diretamente aqueles usuários que estão migrando de qualquer versão anterior do SO.

A identidade visual é um dos pontos que podemos destacar. O Windows 10 manteve alguns aspectos da interface Metro, como as cores sólidas inauguradas com o Windows 8, mas resgatou a transparência que deu as caras pela primeira vez lá no Windows Vista. Essa integração está bastante evidente especialmente no Menu Iniciar e ícones do sistema, que trazem esses dois formatos muito bem trabalhados.

O Explorador de Arquivos também está mais moderno, trazendo funcionalidades úteis para os usuários, como uma página com as pastas recentemente acessadas. Indo para a Área de trabalho, podemos mencionar a nova forma de gerenciar as janelas. Agora, é possível posicionar até quatro de forma organizada. Outra boa notícia é o fato de os aplicativos com interface moderna poderem ser executados através das janelas tradicionais do Windows.

Outras melhorias menores também merecem ser mencionadas: um Painel de Configurações mais organizado e com funções bem definidas, um novo Prompt de Comando ainda mais poderoso, registro de tráfego de dados por interface de rede, um sistema de buscas mais eficiente e muito mais.

Desktops, notebooks, conversíveis, smartphones e tablets.

Smartphones e tablets

Os smartphones e tablets receberão o Windows 10 Mobile, edição do sistema operacional voltada para dispositivos móveis. Essa variante também vai tirar proveito de muitas melhorias implementadas para desktops e notebooks, como o Microsoft Edge, Continuum e uma Windows Store unificada. Porém, algumas novidades foram desenvolvidas especialmente para esse público.

O modo tablet, presente no Windows 10, por exemplo, permite transformar a interface tradicional do sistema em uma versão muito parecida com o que vemos nos Windows 8/8.1. A intenção é permitir que a experiência touchscreen seja o foco, facilitando o uso de programas e aplicativos para quem não dispõe de um mouse ou teclado.

Outro destaque importante para os dispositivos móveis é a promessa de compatibilidade facilitada com aplicativos do Android e iOS. Essa iniciativa, anunciada durante a Microsoft BUILD 2015 e que na verdade engloba todas as plataformas, deve dar um fim àquele argumento de que o Windows Phone não uma grande biblioteca de apps.

Xbox

Uma das propostas do Windows 10 é oferecer uma integração maior com sua principal plataforma de jogos, o Xbox One. Além de um novo app para o console nos PCs – que permite a navegação pela biblioteca de jogos e interação social –, o sistema operacional vai trazer ao gamers a possibilidade de jogar o que estiver rodando no video game. É como se estivesse acontecendo a transmissão do conteúdo do Xbox One rodando diretamente no Windows 10.

Xbox.

O suporte para os apps universais também é outra bandeira defendida pela Microsoft. Em vez de ser encarada como a possibilidade de rodar aplicativos simples, essa funcionalidade promete ampliar significativamente a biblioteca de programas que o console da empresa vai suportar.

HoloLens

Uma das maiores surpresas da Microsoft nos últimos anos é o HoloLens, um dispositivo de realidade aumentada apresentado oficialmente na BUILD 2015. Com foco nos consumidores finais e mercado corporativo, esses óculos prometem mudar completamente a forma como interagimos com todos os aspectos tecnológicos da nossa vida, do entretenimento até a educação.

Microsoft HoloLens.

Diferente de produtos como o Oculus Rift, Gear VR e Project Morpheus, que trabalham com a realidade virtual, o Microsoft HoloLens aposta na holografia e o conceito de realidade aumentada. No fundo, o produto é uma espécie de computador com vários sensores capazes de detectar vários elementos – como movimentos do usuários e disposição dos objetos em um cenário – e produzir um resultado imersivo para quem o utiliza.

Surface Hub

Microsoft Surface Hub.

Totalmente voltado para o mercado corporativo, o Surface Hub é uma lousa interativa desenvolvida pela Microsoft para complementar a família Surface. O foco são os trabalhos colaborativos e a execução de videoconferências, tarefas que serão auxiliadas por um painel de 55 ou 84 polegadas, resolução Full HD (1920×1080 pixels) e suporte para múltiplos toques.

Se você ainda não tem  o Windows 10 e deseja adquirir a nova versão do sistema operacional não perca tempo e clique aqui para comprá-lo diretamente no site da Microsoft.

(vídeo simples, mais focado em mostrar o windows 10, use apenas como material visual)

Marinha do Brasil abre 200 vagas para o Colégio Naval

Padrão

Marinha do Brasil abre 200 vagas para o Colégio Naval

Colegio naval

Inscrição: 17/03/2016 a 18/04/2016

Edital: CLIQUE AQUI!

Inscrição: CLIQUE AQUI!

Taxa: R$40,00

Condição para disputar a vaga: É preciso, dentre outros requisitos, apresentar ensino fundamental (concluído ou em fase de conclusão).

Data da prova: O candidato deverá a partir do dia  09/05/2016 consultar a página da DEnsM na Internet ou as OREL (pessoalmente ou através dos telefones disponíveis) para obter as datas.

Os candidatos que ingressarem no Curso de Preparação de Aspirante, que possui duração de três anos letivos e onde é ministrado o ensino básico em nível médio, além do ensino militar-naval, serão preparados, intelectual e fisicamente para uma futura seleção do ingresso na EN.

Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico

Padrão

Navegador de Internet e Correio Eletrônico

código httpA internet é uma rede de computadores interligados mundialmente em que há uma constante troca de informações entre pessoas, empresas e entidades. No fim da década de 60, o Departamento de Defesa norte-americano resolveu criar um sistema interligado para trocar informações sobre pesquisas e armamentos que não pudesse chegar nas mãos dos soviéticos. Sendo assim, foi criado o projeto Arpanet pela Agência para Projeto de Pesquisa Avançados do Departamento de Defesa dos EUA.

Posteriormente, esse tipo de conexão recebeu o nome de internet e até a década de 80 ficou apenas entre os meios acadêmicos. No Brasil ela chegou apenas na década de 90. É na internet que é executada a World Wide Web (www), sistema que contém milhares de informações (gráficos, vídeos, textos, sons, etc) que também ficou conhecido como rede mundial.

Tim Berners-Lee  na década de 80 começou a criar um projeto que pode ser considerado o princípio da World Wide Web. No início da década de 90 ele já havia elaborado uma nova proposta para o que ficaria conhecido como WWW. Tim falava sobre o uso de hipertexto e a partir disso surgiu o “http” (em português significa protocolo de transferência de hipertexto).

URL: Tudo que é disponível na Web tem seu próprio endereço, chamado URL, ele facilita a navegação e possui características específicas como a falta de acentuação gráfica e palavras maiúsculas. Uma url possui o http (protocolo), www (World Wide Web), o nome da empresa que representa o site, .com (ex: se for um site governamental o final será .gov) e a sigla do país de origem daquele site (no Brasil é usado o BR).

História do Navegador de Internet

Para que um usuário possa visualizar essas informações ele precisa usar um navegador de internet, também conhecido como browser. É com o navegador que o usuário acessa as informações (as páginas da internet) e documentos dos servidores WEB….continuar a ler…

Projeto Seja um Favorito na Central

Padrão

A Central de Favoritos já ultrapassou mais de 4.600.000 de visualizações e temos a certeza que ajudamos muitas pessoas a passarem em um concurso público ou entrar em uma universidade. Nosso objetivo sempre foi ajudar o máximo de pessoas, mas para isso precisamos de você para manter o site ativo e cada vez melhor. Contamos com você!

banner

 

 

Qual o concurso que você vai fazer?

Padrão

Oi Concurseiros estou querendo fazer postagens que possa lhe ajudar diretamente, por isso, vote nesta enquete para direcionar as postagens futuras. Caso seu concurso não esteja relacionado faça um comentário em alguma postagem.

Esta pesquisa é muito importante, não deixe de votar.

É difícil passar em um concurso público?

Padrão

É difícil passar em um concurso público?

Esta pergunta é muito recorrente entre as pessoas que querem fazer um concurso público e sugiro que leia a postagem toda, pois tentarei responde-la.

Vamos imaginar que você quer ser um engenheiro, economista, advogado, professor ou outra profissão qualquer. Você além de ter que passar no vestibular terá que estudar de 4 a 5 anos e ao final terá duas situações: se estudou e se dedicou irá exercer sua profissão e ganhará bem, mas se fez um curso “meia boca” ou vai ganhar mau ou não vai nem exercer a profissão.

NO PAIN, NO GAIN. Já ouviu esta expressão inglesa? provavelmente sim; ela significa “sem dor, não há ganho”.  Foi um termo usado no halterofilismo para o atleta se esforçar para atingir seu objetivo de ter um corpo sarado. Esta expressão se popularizou em todas as áreas. Vale lembrar que o  termo “pain” pode ser substituído por  dedicação, esforço, sacrifício ou empenho.

“Tem mais de 1000 candidatos por vaga, não vou passar nunca”. Você já fez este comentário para você mesmo ou alguém já disse isso para você? Fique tranquilo já aconteceu com milhares de pessoas como você.

Resposta para esta pergunta é fácil: Se você analisar todos os concursos não só públicos, mas inclusive de vestibulares, enem e etc. verá que tudo é porcentagem. Se você fizer a porcentagem ideal você passa, simples assim. Os concursos de nível médio principalmente giram de 76% a 86% de acerto para você passar independente da quantidade de candidatos; pode ter 100 ou 20.000 fica sempre neste percentual. Pode acontecer de algum concurso ficar fora desta média tanto para cima como para baixo, mas se você ficar sempre nesta média fatalmente irá passar. Nesta situação o seu maior concorrente é você mesmo. Falta de dedicação, foco e alto estima. Alto estima? isto mesmo, você precisa acreditar mais em você mesmo. Com a mesma importância gostaria de falar sobre o foco. Primeiro vou sugerir dois filmes que assisti várias vezes que demonstra muito bem isto. A procura da felicidade com Will Smith e com Lendas da Vida com Matt Damon e Will Smith. No segundo tem uma cena que mostra o que acontece quando o golfista se concentra (foco) é muito interessante, mostrei para meu filho umas 10 vezes.

Respondendo agora a pergunta: É difícil passar em um concurso público?

NÃO! Mas é necessário DEDICAÇÃO, FOCO E AUTO ESTIMA.

Dicas:

1º Selecione um concurso e comece a estudar; Veja o último edital, conteúdo programático e banca organizadora do concurso.

2º Entenda como funciona as bancas organizadoras; as principais são: FCC ( Fundação Carlos Chagas ), FGV ( Fundação Getúlio Vargas ), ESAF ( Escola de Administração Fazendaria ), Fundação Cesgranrio, CESPE- UNB, Fundação VUNESP E CONSULPLAN.

3º Tenha foco, uma hora bem estudada com foco vale por 6 horas sem foco e é menos cansativa.

4º Motive-se; Imagine você lá dentro, sonhe como seria a sua vida depois de passar. Viva diariamente esta situação.

5º Comece pelas matérias que sempre cai nos concursos:

Português

Raciocínio Lógico e Matemático

Informática

Noções de Direito ( Constitucional e Administrativo )

Redação

Se for bancário : Conhecimentos bancários.

6º Estude mais as matérias que você tem mais dificuldade

7º E mais importante: Não desanime, a cada concurso você chegará mais forte.

Pode ser que não seja no primeiro concurso que irá passar, mas com certeza se você se dedicar, ter foco e acreditar em si tudo é possível.

Abraços

Espero ter Ajudado

 

Questão 05 Enem 2014 1º Dia Ciências Humanas

Padrão

Branca:005      Azul:  001      Rosa:  026        Amarela: 023

A REDE TELEPHONICA

enem-2014-23

 

Em breve, já poderá o Brazil esticar as canellas sem receio de não ser ouvido dos pés á cabeça.

A charge, datada de 1910, ao retratar a implantação da rede telefônica no Brasil, indica que esta:

a) permitiria aos índios se apropriarem da telefonia móvel.
b) ampliaria o contato entre a diversidade de povos indígenas.
c) faria a comunicação sem ruídos entre grupos sociais distintos.
d) restringiria a sua área de atendimento aos estados do norte do país.
e) possibilitaria a integração das diferentes regiões do território nacional.

Veja o vídeo abaixo que é muito interessante e depois veja a resposta e resolução logo abaixo;

 

Resolução
A escolha da alternativa é favorecida pela charge reproduzida na questão, podendo ser considerada quase uma leitura de imagem. Devem-se observar dois aspectos: 1) na época, o meio de comunicação que se esperava pudesse ligar locais situados a grandes distantes era o telégrafo — tarefa que, na época, estava sendo empreendida, em Mato Grosso, pelo major Rondon; 2) o uso do futuro do pretérito na alternativa (“possibilitaria”) expressa muito mais uma expectativa do que uma certeza, a qual atualmente vem se tornando uma realidade graças às modernas tecnologias da informação.

Resposta: E – possibilitaria a integração das diferentes regiões do território nacional.

Fonte: Ediensino