Modelo corpuscular da matéria

Padrão

Coloquei duas postagens que apesar de falarem a mesma coisa, abordam diferentemente o assunto.

As postagens foram retiradas dos sites O Blog da físico-química e Aulas de física e química

 

1ª Postagem:

Teoria corpuscular da matéria

Tudo o que nos rodeia é feito de matéria.

Por exemplo, o ar que respiramos, a água do mar, dos rios e dos lagos, os minerais que constituem as rochas, os planetas, as estrelas e todos os outros corpos celestes são feitos de matéria.

Como é constituída a matéria?

matéria tem uma determinada estrutura da qual dependem as suas propriedades. É constituída por pequeníssimos corpúsculos invisíveis e em contínuo movimento.

É a existência destes corpúsculos que explica muitos dos fenómenos que ocorrem na nossa vida.

Contudo, não conseguimos observar, directamente, os corpúsculos constituintes da matéria.

Há, no entanto, evidências que comprovam a teoria corpuscular da matéria.

Foram os filósofos gregos, há cerca de 2500 anos, que tentaram explicar as propriedades e o comportamento da matéria.

Segundo o filósofo Demócito, que viveu entre 460 e 370 a.C., todas as transformções que ocorrem na Natureza explicam-se a partir da existência de pequeníssimos corpúsculos indivisíveis. Estes corpúsculos movem-se continuamente. Demócrito chamou a esse corpúsculos “atomus”, que siginifica não divisível.

Assim, a palavra átomo provém da palavra grega “atomus”.

A teoria corpuscular da matéria foi abandonada durante séculos, porque não era possível comprovar a existência de corpúsculos nem explicar por que razão se mantinham unidos. Ressurgiu graças aos trabalhos experimentais do químico inglês John Dalton. Este cientista propôs um modelo para a constituição da matéria, apoiando-se na teoria atomística dos Gregos. Actualmente, a comunidade científica aceita que os corpúsculos constituintes da matéria são os átomos. A utilização de técnicas especiais permitiu já observar imagens de átomos.

Os átomos são corpúsculos incrivelmente pequenos.

Até é difícil de imaginar… Os átomos não são, contudo, as partículas mais pequenas que existem… Têm no seu interior outras partículas ainda mais pequenas.

2ª postagem

Natureza Corpuscular da Matéria

Se colocarmos um cabelo ao microscópio e aumentarmos sucessivamente a ampliação, obtemos uma sequência de imagens semelhante à apresentada em seguida:

Como se pode concluir, quanto mais ampliarmos mais pormenorizada é a imagem.

O que veríamos se fossemos capazes de ampliar este cabelo milhões de vezes?

Na imagem seguinte encontra-se uma ampliação de 25.000.000 de vezes de um cristal de ouro. A imagem é tão pormenorizada que se conseguem identificar as partículas ou corpúsculos que constituem o ouro:

Cristal de ouro ao microscópio com uma ampliação x25.000.000.

Toda a matéria, desde um simples cabelo até um cristal de ouro é constituida por partículas (ou corpúsculos) com tamanho muito muito pequeno, tão pequeno que …

… um ponto final feito com a tinta da tua caneta pode conter mais de 3 milhões de corpúsculos.

… 100 milhões de pessoas reduzidas ao tamanho de um corpúsculo formavam uma fila de apenas 1 centímetro.

Conclui-se por isso que toda a matéria é constituida por partículas – corpúsculos.

Como se comportam os Corpúsculos?

O ar contido no interior de uma seringa é facilmente comprimido quando se empurra o êmbolo:

Como se explica este facto?

Entre os corpúsculos há muitos espaços vazios.
Ao apertar o êmbolo estes aproximam-se uns dos outros.
Imagem do livro “FQ8 – Sustentabilidade na Terra – Edições ASA”.

Conclui-se por isso que entre os corpúsculos há muitos espaços vazios.

Para além da existência de espaços vazios, há outra característica dos corpúsculos que deves saber. Por exemplo, quando utilizas velas perfumadas, o aroma espalha-se pela casa muito rapidamente. Por que motivo isto acontece?

Os corpúsculos que se libertam ao queimar a vela movem-se entre os espaços vazios.

Conclui-se por isso que os corpúsculos estão em constante movimento.

Conclusão

Tudo o que foi dito anteriormente pode ser resumido em três pontos:

1.º – Toda a matéria é constituída por partícula – corpúsculos.

2.º – Entre os corpúsculos há muitos espaços vazios.

3.º – Os corpúsculos estão em constante movimento.

 

Sobre Eder Sabino Carlos

Sou formado em Ciências Econômicas e desenvolvi este site para democratizar materiais de estudos de qualidade para concursos públicos e Enem. Hoje sou representante de vendas na área de material de construçãoa na cidade de Vila Velha ES. Gosto de ler livros de aventura e tenho um livro publicado em e-book com o título de A Fortaleza do Centro. Um livro de aventura infanto-juvenil, mas adultos também estão gostando. Você pode baixar o livro no site e aproveite e veja os comentários das pessoas que já o leram.

»

  1. Cuidado com os erros de português, os quais retiram o prestigio do artigo em questão. Eu posso errrrrar fazendo esse comentário, mas o conteúdo que estou estudando não deve estar errado. Assim posso estar estudando, por exemplo, química e português ao mesmo tempo.

    • Oi Cleison fica sua observação. Gostaria apenas de dizer que as postagens são feitas da seguinte forma: Vejo vários artigos em sites de referência e monto uma mais completa, não verificando a gramática. Os concurseiros quando detectam erro e me avisam exatamente onde está, eu corrigo imediatamente. Este processo ajuda a postagem ficar mais confiável.
      Obrigado
      Eder

      • Sr. Eder Sabino. Mais uma vez me encontro nesse seu artigo, vi que deixei há um ano um comentário meio grosseiro kk. Perdão e obrigado pelo material. ATT: Cleison V M . ‘ .

      • Oi Cleiton, fica tranquilo e estou feliz por ter retornado. Agora estou atualizando em novo endereço centraldefavoritos.com.br dá uma passada por lá também.

        Abraços

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s