Administração de Materiais e Patrimônio

Padrão

Coloquei este artigo que esta muito bem explicado e no final da postagem tem uma videoaula para completar o assunto. Se você acessar todas estas informações estará muito bem preparado no tema.

E você, qual o concurso você vai fazer? Deixe um comentário para mim, pois posso fazer postagens direcionadas para ele e te ajudar mais. Aproveita também para inscrever seu e-mail para receber conteúdos todos os dias.

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos.

Bons estudos!

Administração de Materiais e Patrimônio

O que á administração de materiais?

Administração de materiais é uma função coordenadora responsável pelo planejamento e controle de fluxo de materiais dentro de uma cadeia produtiva.

Seus objetivos são:

Maximizar a utilização do recurso da empresa

Fornecer o nível requerido de serviços ao consumidor

“A distribuição de uma empresa é o suprimento da outra” (Anônimo).

Japão: Poucos recursos naturais,  compra matéria prima, adiciona valor ,através da produção.

Ex.: Minério de ferro – chapa de aço – veículos

Administrar significa planejar e controlar os recursos utilizados no processo : Trabalho,capital e material.

Todos são importantes mais controlar o fluxo de materiais  é controlar o desempenho do processo : Ter o material correto, na quantidade exata,  no  tempo certo.

A perda do controle deste fluxo pode implicar na lucratividade e , até mesmo, em casos extremos , na falência da empresa.

A atividade de material existe desde a mais remota época, através das trocas de caças e de utensílios até chegarmos aos dias de hoje, passando pela revolução industrial. Produzir, estocar, trocar objetos e mercadorias é algo tão antigo quanto …...CONTINUE LENDO

Concurso Público UFBA – 2017 – Conteúdo Programático

Padrão

Concurso Público UFBA – 2017 – Conteúdo Programático

Página do concurso

Inscrições: de 13/04/2017 a 16/05/2017

Data da prova:16/07/2017

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO UFBA 2017

NÍVEL INTERMEDIÁRIO

CLASSE D

PORTUGUÊS

1 – Compreensão e interpretação de textos de diferentes gêneros (literários, jornalísticos, tiras, charges, entre outros)

1.1. Língua, linguagemnorma (padrão e não padrão), fala e desvio de norma;

1.2. A pluralidade de normas: regionais, sociais, etárias e estilísticas (registros);

1.3  Características das modalidades da língua: oral e escrita. Leia o resto deste post

TRF da 2ª Região (ES/RJ) 2017 – Conteúdo Programático

Padrão

trf-2017

TRF da 2ª Região (ES/RJ) para nível médio e superior

Banca: CONSULPLAN Consultoria e Planejamento em Administração Pública Ltda

Edital

Inscrições fechadas

Data da prova: Será informado a partir do dia 15 de fevereiro de 2017, no site da CONSULPLAN (www.consulplan.net). Data prevista: 5 de março de 2017

Conhecer a característica de cada banca, como ela aborda e cobra as matérias e seus critérios de correção te ajudarão a direcionar seus estudos. Você deve decifrar como elas pensam, pois conhecer a banca é tão importante quanto os estudos, veja esta postagem:  Característica da banca organizadora Consulplan

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS

LÍNGUA PORTUGUESA (PARA TODOS OS CARGOS/ÁREAS/ESPECIALIDADES)

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.

Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. Leia o resto deste post

Concurso TRE-SP 2016

Padrão

nova-centralconcurso-tre-sp-conteudo

Inscrição: de 12/09/2016 a 11/11/2016

Prova: 12/02/2017

banca: Fcc (Fundação Carlos Chagas)

Edital

Nível Médio: Técnico Judiciário

Nível superior: Analista Judiciário

Conhecer a característica de cada banca, como ela aborda e cobra as matérias e seus critérios de correção te ajudarão a direcionar seus estudos. Você deve decifrar como elas pensam, pois conhecer a banca é tão importante quanto os estudos, veja esta postagem: Característica da banca organizadora Fundação Carlos Chagas (FCC)


Conteúdo Programático:

CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS/ÁREAS/ESPECIALIDADES

Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa:

Ortografia oficial.

Acentuação gráfica. Leia o resto deste post

Kalena – A fortaleza do centro

Padrão

capa livro kalenaKalena – A Fortaleza do Centro agora disponível a versão final

no Amazon

Oi pessoal finalmente terminei o meu primeiro livro.

Você deve estar se perguntando: Terminou? como? se estava disponível em download no site?

Espera……vou explicar.

Tinha colocado uma versão do livro para sentir a receptividade dele, mas não havia feito uma revisão ortográfica e nem uma orientação de texto, mas apesar disto tive muitos comentários positivos como os dois abaixo:

Jorge Lucas em 18/06/2015 às 1:39 disse:

Bom, primeiro gostaria de dizer obrigado!! a 3 anos atrás queria ler um livro pois não tinha este costume e procurava um livro que de certo modo me prenderia a literatura, e hoje após ler seu livro já tenho uma pequena coleção de livro, achei uma leitura fascinante e estou até hoje a espera da continuação. Estou grato por seu livro ter revelado um mundo fascinante que existe dentro dos livros e gostaria de agradecer a você por este primeiro contato tão prazeroso aos livros.

Bruna Malheiros em 03/01/2012 às 23:01 disse:

Parabéns Eder! Seu livro é extremamente interessante e mágico.
Virei a madrugada lendo e isso acontece somente quando o livro é empolgante. Aqui em casa me chamam de devoradora de livros, não preciso nem dizer o porquê. Mas enfim, para aqueles que não tiveram o prazer de ler esta história contagiante, meus queridos…o façam logo!
Um abraço …
E até a próxima!

Então segui em frente e fiz a revisão ortográfica e mudei algumas coisas para a história fluir melhor.

Calma……mudei só um pouquinho.

Veja abaixo o book trailer:

Ficou legal né?

Epa! quer mais informações sobre o livro? beleza leia a sinopse abaixo:

Haddock, Athos e Frigg são três jovens amigos que vivem em uma grande cidade cercada por uma enorme fortaleza onde existe uma lei que ninguém ousa desafiar: “É proibido qualquer habitante de sair dos domínios da Fortaleza do Centro”.

Ninguém nunca questionou esta proibição por que todos cresceram ouvindo estórias de que fora dela existem lugares apavorantes habitados por seres estranhos como os Nomacks, seres alados que capturam habitantes em noites de escuridão total.

É semana de festas e pela primeira vez em séculos todos os Senhores de Reino irão se reunir, mas a população não sabe, mas uma reunião secreta entre eles havia sido planejado há mil anos para acabar com o mal em definitivo, mas algo de inesperado acontece forçando Haddock, Athos e Frigg a fugir da Fortaleza e começar uma aventura inimaginável em um mundo desconhecido repleto de magia e perigo.

Bom acabei disponibilizando a versão final em e-book no Amazon, A fortaleza do Centro, dá uma olhada você vai gostar muito.

Abraços

 

Receitas das contribuições sociais: Do produtor rural

Padrão

Receitas das contribuições sociais: do produtor rural

O produtor rural pessoa jurídica continua obrigado a arrecadar e recolhe ao INSS a contribuição do segurado EMPREGADO e do TRABALHADOR AVULSO a seu serviço. Descontando-se da respectiva remuneração, nos mesmos prazos e segundo as mesmas normas aplicadas às empresas em geral.

Contribuição básica: 2,5% sobre o total da receita bruta proveniente da comercialização do produto rural.

Contribuição adicional: 0,1% incidente sobre a mesma receita bruta destinada ao financiamento da aposentadoria especial e dos benefícios acidentários. As referidas normas não se aplicam as operações relativas à prestação de serviços a terceiros – cujas contribuições previdenciárias obedecem às regras impostas às empresas em geral.

Fonte: retirado de uma apostila desenvolvida por Resumos concursos disponibilizada na internet

 

 

Receitas das contribuições sociais: Do empregador doméstico

Padrão

Receitas das contribuições sociais: Do empregador doméstico

A partir da vigência da Lei nº 7.787/89 a contribuição do empregador doméstico passou a ser de 12%. O art. 24 da Lei nº 8.212 repetiu a referida situação, informando que a alíquota do empregador doméstico seria de 12% do saláriode-contribuição do empregado doméstico a seu serviço.

O art. 34 do Decreto nº 612 determina que deve ser observado o limite máximo de contribuição. Assim, se o doméstico perceber salário superior ao do limite máximo, o percentual do empregador será de 12% sobre o limite máximo. O empregador doméstico não paga a contribuição de custeio de acidente de trabalho.

Fonte: Apostila disponibilizada na internet por Didatika concursos.

Receitas das contribuições sociais: das empresas

Padrão

Receitas das contribuições sociais: das empresas

A empresa contribui com 20% sobre o total das remunerações pagas ou creditadas, a qualquer título, no decorrer do mês, aos segurados empregados, trabalhadores avulsos, que lhe prestam serviços.

Considera-se remuneração a importância recebida pelo segurado a qualquer título, inclusive os ganhos habituais sob a forma de utilidades (alimentação, habitação etc.), com exceção dos valores que não integrem o salário de contribuição, e o lucro distribuído ao segurado empresário, quando não houver discriminação entre a remuneração decorrente do trabalho e a proveniente do capital social.

Integra a remuneração a bolsa de estudos….....CONTINUE LENDO

Receitas das contribuições sociais: dos segurados

Padrão

 Receitas das contribuições sociais: dos segurados

Salário-de-contribuição é o valor que serve de base de incidência das alíquotas das contribuições previdenciárias. Salário-de-contribuição é um dos elementos de cálculo da contribuição previdenciária; é a medida do valor com a qual, multiplicando-se a taxa de contribuição, obtém-se o valor da contribuição. Utiliza-se o salário-de-contribuição para o empregado urbano, rural, temporário, doméstico e para o trabalhador avulso etc

A denominação salário-de-contribuição não é adequada, pois certas pessoas efetivamente não têm um salário, como de certa forma o avulso e o autônomo, mas têm salário-de-contribuição. Na verdade, o salário-de-contribuição é a base de cálculo sobre a qual irão incidir as alíquotas da contribuição previdenciária. O conceito de salário-de-contribuição irá depender, porém, do segurado que irá contribuir para o sistema, podendo, portanto, ser distinto em relação a cada um deles.

Salário-base é uma espécie do gênero salário-de-contribuição, tendo um valor prefixado, em substituição à importância percebida pelo segurado, estabelecido segundo uma escala_ que anteriormente era em número de salários mínimos_ e classes, que vão sendo alteradas de acordo com o tempo de filiação do segurado ao Regime Geral de Previdência Social. É o salário que serve de base para o cálculo das contribuições previdenciárias do segurado trabalhador autônomo e equiparado, empresário e facultativo. O salário-base é, portanto, uma ficção legal, uma estimativa, não correspondendo exatamente à importância recebida mensalmente pelo segurado. Não se poderia, porém, falar em salário, pois autônomos e equiparados, empresários e segurado facultativo não têm relação de emprego.

FONTE: Apostila disponibilizada na internet pela didatika concursos